Manuel colocou seu barco na água, ainda sem velas e ferragens, sob a chuva na Lagoa da Conceição. Um batismo apropriado, para quem passou meses trabalhando com afinco e cuidado. Só quem passou por esta experiência conhece a sensação de olhar para sua obra pronta e ver, em cada curva da madeira, em cada peça, um pouco de seu esforço e trabalho. As fotos abaixo são de uma amiga de Manuel, Laura Lavergne.

Manuel fez um trabalho realmente impressionante. Marinheiro de primeira viagem, não tinha experiência em construção de barcos, mas fez bonito. Parabéns!