Projeto Houseboat

Novos desenhos do barco-casa de 6,4m. A estrutura dele é de fácil construção, mas bem robusta.  Com fundo chato, é um barco estável, com grande capacidade de carga e baixo calado, ideal para navegar em rios e lagos. Estou publicando duas concepções de cores e design, com a mesma cabine (diferenças apenas na pintura, vigias e detalhes).

Também tem uma vista do layout para vocês terem uma idéia do espaço interno. Os sofás da popa servem como beliches (camas), e é possível estender uma lona na popa para proteger da chuva, A mesa de refeições também pode ser convertida em beliche de casal. A cozinha é muito grande para um barco deste tamanho, com um balcão de quase 2 metros de comprimento, e espaço para uma caixa de gelo ou até um frigobar. Também cabe um fogão de duas bocas com forno. O banheiro é fechado, pequeno, com um Porta-potty (wc químico protátil) e uma ducha para banho.

O comando fica na proa, estou desenvolvendo um desenho de painel de comando rebatível, para facilitar o acesso a proa. Na popa, uma plataforma sustenta o motor de popa e também facilita o acesso por qualquer bordo. Em breve vou publicar um plano de estudos deste barco. Continuem ligados!

post similares
  • Começa a construção do GP-2... Recentemente escrevi um artigo no meu blog sobre o GP-28, uma lancha de uso geral para navegação em mar aberto. O projeto tem despertado algum interesse, e recentemente, Ricardo Lancelotti (do Estaleiro Oficina), entrou em contato comigo porque um amigo seu, Toni, queria construir um. Uma de suas dúvidas era sobre quem seria capaz de [...]
  • Curso de Construção de Barc... O curso de construção de barcos em stitch-and-glue chega ao Rio de Janeiro. Dos  dias 28 a 30 de julho teremos um curso em Niterói, e com novidades. Embora o programa seja similar ao dos outros cursos realizados, neste vamos construir um barco diferente, e os participantes receberão uma cópia do projeto! Um barco novo, [...]
  • Pequeno Príncipe 135 –... Uma das dúvidas de quem quer construir um veleiro é sobre mastros e ferragens. Uma “regra” divulgada sobre a construção artesanal é que as ferragens são metade do custo do barco. Isso seria verdade no caso de um veleiro convencional com mastro de alumínio de seção especial para mastros, com o trilho da vela, e [...]
  • Veleiro clássico: Projeto 8... Quem acompanha o site sabe que publiquei a alguns meses artigos sobre um projeto de veleiro inspirado nos clássicos dos anos 40,50, que deveria ser um barco pequeno, relativamente barato, veloz e marinheiro. Bom, por sugestão de algumas pessoas que entraram em contato comigo, resolvi colocar um teto no custo total do barco, e estabelecer [...]
  • Curso de São Paulo – ... O Curso de Construção de Barcos em São Paulo, que aconteceu num galpão da Vila Anhanguera, neste fim de semana (25 e 26 de março), foi um evento memorável, com uma turma diversificada e muito dedicada. Durante o curso, os participantes construíram um pequeno bote de apoio, praticando todas as etapas da construção de um [...]

3 Comentários

  1. ZÉBA ZÉBA
    novembro 12, 2015    

    ola Dantas, gostaria de saber se é possivel instalar nesse houseboat a propulsão hidro jato com um motor interno, se possivel qual motor seria o ideal.
    estou gostando muito de desse projeto e só não o apadrinhei ainda por dificuldade financeira.
    mas o senho de construir meu proprio barco será realizado tenho fé em deus que isso vai acontecer.
    abrigado e parabens. abraço.seu fã Zéba.

    • gdyd gdyd
      novembro 14, 2015    

      O hidrojato se tornou popular nos jetskis por uma questão de segurança – no caso de uma queda, situação frequente, você não sera fatiado pela hélice de seu próprio barco. Mas efetivamente, hidrojatos não são tao eficientes. Existe uma grande perda de energia ao fazer a água percorrer uma tubulação interna no casco e ser bombeada para trás. Mas existe sim a possibilidade, e qualquer motor pode ser usado, desde pequenos motores estacionários e motores de moto, adaptado a uma bomba hidráulica. Para um houseboat, teria a vantagem de poder ser usado em locais de baixo calado e risco de prender a hélice em vegetação e galhos no fundo, como no caso de represas que foram feitas em regiões com muitas arvores.

  2. ZÉBA ZÉBA
    novembro 25, 2015    

    obrigado pela resposta. fiquei satisfeito e o principal motivo pra eu querer esse sistema de propulsão é justamente o baixo calado e muita vegetação nos rios onde moro (acre). se vc tiver um projeto pra esse sistema e puder disponibilizar (negociar) ficarei muito muito grato.
    abraço do amigo Zéba.

Deixe uma resposta