vela em lonaleve para um bote de 2,1m, igual os feitos nos cursos de Stitch-and-glue.

Um obstáculo que o construtor amador de barcos enfrenta é na hora de equipar sua emarcação. Em especial se for um pequeno veleiro. Construir um casco até não é caro, nem difícil. Porém, velas para um barco feito em casa já é outra história. Velas são feitas em Dacron, um tecido de poliéster reforçado, que resiste aos esforços e ao sol. Porém, Dacron é quase impossível de achar, no varejo. e é caro. A alternativa é contratar uma veleria para fazer suas velas, mas esta opção é mais cara ainda. Muitos acabam usando velas feitas para barcos de regata, de uma das diversas classes de monotipos, como Laser, Dingue, Optimist, etc. Esta é uma boa opção, pois é fácil comprar velas usadas por um bom preço, mas só em lugares onde existe uma atividade náutica.

Mas há alguns anos um americano resolveu usar uma lona plástica, dessas que se compra em lojas de ferragens, para fazer velas em casa. Acabou montando até uma empresa para vender kits, a Polysail. A técnica Polytarp, como ficou conhecida (Polytarp é o nome comercial da nossa Lonaleve), é bastante simples, rápida, e oferece velas bastante eficientes, com muita liberdade de desenho, e possibilidade de fazer, em casa, sem ferramentas muito especiais, suas próprias velas.

Para dar um exemplo, fiz a vela para o botinho dos cursos de Stitch-and-glue, uma balanced lug de cerca de 3m², em cerca de 4 horas. Depois foram mais umas 4 ou 5 horas costurando, a mão, o cabo de reforço na vela. O custo total? cerca de 100 reais, contando com ilhóses, fita silver-tape, lona de 3X2m, cola, linha, agulha e corda de poliéster de 5mm. Outra vantagem é que você pode fazer várias velas e testar seu desenho, para chegar a melhor forma e desempenho.

A técnica é pouco conhecida no Brasil e eu achei que era hora de passá-la adiante, e por isso teremos em breve uma oficina de construção de velas na nossa programação de cursos.

As pré-inscrições podem ser feitas no formulário da página de cursos.  Assim que tivermos número suficiente de interessados, vamos iniciar a divulgação de datas e locais.